Civilization VI

Christopher Tin, um excelente compositor bastante premiado mas que ganhou fama mundial quando fez a música de abertura de Civilization IV. Chamada de Baba Yetu, a música foi composta propositadamente para esse jogo e foi sem dúvida uma das melhores que o mundo dos jogos já viu, fornecendo a Civilization IV um espírito espectacular (apesar de Baba Yetu ser nada mais do que a oração Pai Nosso cantada em Swahili). Só essa música deu-lhe um Grammy e tornou-o no único compositor de músicas para jogos premiado por uma música feita propositadamente para um. A música ganhou tanta fama que já foi cantada por todo o mundo, por várias orquestras e coros de gospel.

Agora o compositor regressa à saga e será ele o responsável pela música de abertura de Civilization VI. Ele disse que com este novo título procurou captar a “essência da exploração”, como ele lhe chamou, “tanto a nível de exploração geográfica de procura de novas terras, mas também a exploração mental e psicológica com a expansão e abertura das fronteiras da ciência e filosofia”.

Pessoalmente considero Baba Yetu como uma das melhores músicas já feitas, e sem dúvida uma das minhas favoritas, pelo que dificilmente será ultrapassada até pelo próprio Christopher Tin. Mas esta notícia deixa-me bastante mais entusiasmado para Civilization VI. Saia como sair, conto que pelo menos o jogo deverá ter uma música de abertura espectacular. Entretanto para quem não conhece, aqui fica a Baba Yetu.

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.