Baseado no horror de Cthulhu Mythos (de H.P. Lovecraft), Eldritch Horror é um jogo cooperativo vs tabuleiro onde os jogadores tomam controlo de investigadores e tentam impedir que os Deuses Antigos cheguem à Terra, uma vez que a sua chegada significaria o fim da humanidade. Eldritch Horror segue assim as passadas de Arkham Horror, sendo ambos os jogos semelhantes em termos de mecânicas, com a diferença de que em Eldritch Horror o cenário é todo o mundo em vez de estar limitado à cidade de Arkham. Não é, contudo, possível de dizer qual deles é melhor, se Arkham Horror ou Eldritch Horror, pois embora sejam semelhantes, são bastante diferentes na forma como o jogo é apresentado, no espírito criado e no desenrolar do jogo.

Tal como no seu antecessor, Eldritch Horror decorre nos anos 1930 em que um grupo de personagens se vê envolvido, por força do destino, em assuntos sombrios que vão muito para além da imaginação do comum dos mortais. Seitas secretas, pactos malígnos, magia e mesmo portais por onde criaturas de outros universos conseguem entrar parecem florescer e ninguém está seguro. Uma coisa parece certa, o fim do mundo está próximo e cabe aos jogadores impedi-lo (se conseguirem).

O jogo começa com a escolha do Deus Antigo que está a ameaçar a Terra. As escolhas são muitas, uns mais difíceis que outros, e cada um deles único à sua maneira. Uma vez decidido o deus escolhem-se as personagens em função das habilidades e atributos. A partir daí a ronda começa com os jogadores a decidirem as suas acções, para onde se movem no tabuleiro, se tentam adquirir equipamento ou não, etc. Após todas as acções terem sido tomadas passa-se para a fase dos “desafios” onde cada jogador deverá tirar, à vez, uma carta de desafio dependendo da localização onde se encontra e realiza-lo (e variedade de localizações não falta). Sucesso nesses desafios depende maioritariamente dos atributos da personagem escolhida.

Quando todas as acções tiverem sido realizadas, tira-se a carta final de evento chamada de Carta Mythos. Ela descreve o que vai ocorrendo à medida que o tempo passa e o Deus Antigo se aproxima (eralmente são eventos que prejudicam bastante os investigadores, uns mais do que outros). É também nesta carta que se decide se abrem mais portais e aparecem mais monstros no tabuleiro, que tornam difícil e potencialmente perigoso viajar pelo mundo e que quantos mais se encontrarem abertos mais rapidamente o jogo chega ao fim. Só então se passa para o turno seguinte e o jogo continua, sabendo que as coisas ficaram um bocado (ou bastante, dependendo da carta que saiu) mais difíceis.

Tabuleiro de Eldritch Horror e seus componentes

 

REVIEW GERAL
Avaliação Pessoal
8,5
Avatar
Engenheiro de profissão e gamer por gosto, João Paulo adora boardgames, RPGs de mesa e computador, RTS e shooters e olha para jogos para uma excelente forma de arte, transmitir emoções e contar histórias fenomenais.