Pokémon GO

Em Setembro de 2015, Satoru Iwata (o anterior CEO da Nintendo) anunciava Pokémon GO, nada mais do que um jogo para mobile que permitiria aos jogadores simular um pouco da vida de um ‘treinador de pokémons’, tal como muitos de nós imaginavam durante a sua infância. Este jogo de realidade aumentada permitirá a cada um usar o seu mobile para descobrir pokémons no mundo real, permitindo-nos apanha-los e posteriormente treina-los. E claro, não seria um jogo de pokémon sem batalhas entre estas criaturas, pelo que jogadores poderão utilizar os seus para realizar combates com outros jogadores.

Este jogo procura ser uma espécie de substituição dos jogos pokémon, transportando-os para o mundo real (algo já há muito tempo pensado e imaginado mas que a tecnologia só permitiu concretizar agora). E não julguem que será fácil ‘colecciona-los a todos’ já que a aplicação analisa o ambiente para determinar que tipo de pokémon pode aparecer. Por exemplo, pokémons do tipo aquático só aparecem perto de com muita água, como rios ou mar.

Pokémon GO será uma aplicação grátis mas com possibilidade de micro-transacções dentro dela. Estão previstos também alguns acessórios, como uma braçadeira que avisará os jogadores quando um pokémon se encontrar por perto.

Para quem não estava a par de Pokémon GO, aqui fica o trailer oficial.

 

De momento o jogo só foi lançado nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia e Japão mas espera-se que depressa comece a ser lançado nas restantes partes do mundo.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.